fbpx

É assim tão difícil deixar de emitir C02?

Dez 16, 2020 | Clima, Notícias

“A ciência que dispomos hoje, e os trabalhos que já foram feitos nas últimas décadas, já avançaram com muitas possíveis soluções para o problema da poluição e mudanças ambientais e climáticas! Só falta agir!”

Será assim tão difícil deixar de emitir CO2?

O sucesso das próximas décadas está em arranjar uma forma de garantir que a economia e as nossas necessidades energéticas se ajustem, de modo a mitigar os efeitos das mudanças climáticas, mas sem impedir o progresso da humanidade.

Em democracia, as exigências devem ser consumadas na forma de votos, de atitudes e medidas concretas.
É por isso mesmo que o investimento na ciência e na formação são essenciais para dotar as populações de uma maior capacidade de decisão.

Graças aos progressos das últimas décadas estamos num ponto em que há já uma série de tecnologias promissoras, como o hidrogénio, entre outras.

Tomemos o exemplo da energia nuclear por fissão.
Muita gente descarta a sua utilização pois há receio de acidentes com libertação de material radioativo, assim como a questão complexa a nível da segurança com que podemos descartar o lixo que resulta do processo de fissão nuclear.

Mas há outro método, a fusão nuclear, que está a ser estudado e que, um dia, poderá ser implementada.
O método de fusão é muitíssimo mais seguro que o método de fissão e apresenta muitos menos problemas em termos de lixo radioativo.

 

A ciência que dispomos hoje, e os trabalhos que já foram feitos nas última décadas, já avançaram com muitas possíveis soluções para o problema da poluição e mudanças ambientais e climáticas…apenas falta implementar, e temos até aos anos de 2020s/30s para o fazer de forma séria…há que ter esperança e não medo!

.
O método de fusão Nuclear é muitíssimo mais seguro que o método de fissão e apresenta muitos menos problemas em termos de lixo radioativo.

Durante a fusão nuclear geram-se ainda uma série de elementos que podem ser re-utilizados.

https://nuclear.duke-energy.com/2013/01/30/fission-vs-fusion-whats-the-difference

https://www.zmescience.com/science/difference-fusion-fission/


Se houver uma aposta séria na energia nuclear, com  investimento na investigação do método de fusão, podemos ter aqui uma solução importantíssima para o futuro da sustentabilidade do ser humano no planeta!

Mesmo os métodos atuais de fissão são bastante seguros, e como tal poderiam ser utilizados de forma temporária, já que os riscos são largamente ultrapassados pelos benefícios.

Mas não é só  das energias nucleares que falamos… hoje em dia há projectos para testar uma série de novas formas de produção de energia, e também novas baterias que permitem usar de forma mais eficiente as energias renováveis clássicas como a solar e a eólica.

Por outro lado, temos uma série de medidas cientificamente sólidas com o poder de mitigar de forma extremamente eficaz o nosso impacto no mundo natural, tomem por exemplo o projeto Drawdown:

https://www.ted.com/talks/chad_frischmann_100_solutions_to_climate_change

Há um caminho a seguir, é um caminho assente no progresso e na educação, um caminho que está ao alcance de todos.

Precisamos de agir em conjunto, exigir uma economia mais amiga do ambiente, que produza um maior nível de conforto com menos impactos naturais.

NÃO É ASSIM TÃO DIFÍCIL!

Veja aqui outras previsões, análises e/ou notícias.

É assim tão difícil deixar de emitir C02? Não!
É assim tão difícil deixar de emitir C02?  Já temos tecnologias que o permitem!
É assim tão difícil deixar de emitir C02? Temos de apostar na ciência!
É assim tão difícil deixar de emitir C02? Temos de apostar na transição energética!
É assim tão difícil deixar de emitir C02? Temos até aos anos de 2030 para cortar a sério com os combustíveis fosseis.

 

A energia nuclear é segura, mas a energia nuclear de fusão é quase perfeita. 

Veja

Contacte-nos

Ajude-nos a manter este conteúdo gratuíto

Agradecemos, dessa forma, todos os donativos que nos chegarem.
1€ quem puder, faz toda a diferença!

Veja aqui também…

Previsão: Risco de inundações

"Aguaceiros e trovoadas durante os próximos dias. Risco de cheias e inundações." — Aguaceiros e trovoadas por vezes fortes e com granizo. Ao longo dos próximos dias teremos condições de instabilidade causadas pela passagem de sistemas...

read more

Poeiras e alergias

"Até dia 31 de Março teremos condições de fluxo de leste/sueste, com transporte de poeiras em suspensão, polenes, e possibilidade de trovoadas. "— Aumento da concentração de poeiras e pólen. Agravamento da qualidade do ar. Durante os...

read more

Perturbação trará agravamento do estado do tempo

"Tempo localmente adverso, chuva, possibilidade de trovoadas  com granizo e vento por vezes intenso." — Nova perturbação atmosférica posicionada entre a Madeira e a Península. A partir de dia 26 teremos a evolução de um sistema de...

read more