fbpx

Temperaturas “em alta”.

Dez 7, 2020 | Clima, Notícias

Os valores de temperatura médios na baixa troposfera,  em Novembro de 2020, medidos por satélite, estão cerca de 0,5ºC acima da média dos últimos 30 anos ( 1981-2010), o que corresponde a cerca de 1ºC acima dos valores médios pré industriais.

O ritmo de subida ronda os 0,15ºC por década, mas com a emissão constante de gases com efeito de estufa e consequentes ciclos de feedback positivo, nomeadamente com libertação de mais vapor de água para a atmosfera ( o principal gás de efeito de estufa ), mas também metano e outros compostos naturais, poderemos assistir a um aumento da velocidade de aquecimento durante as próximas décadas.

A descida da emissão de CO2 em 2020, devido à epidemia de COVID19, é insignificante e atingiu no seu pico cerca de 17% de redução face ao que seria de esperar num ano normal. Não esquecer que a maioria das emissões provem da produção de electricidade e não das industrias ou dos transportes, portanto apesar da forte redução nesses sectores, com consequente melhoria da qualidade do ar em várias cidades e regiões, o efeito geral foi bastante pouco significativo e será preciso apostar cada vez mais noutras energias alternativas como a solar, eólica ou nuclear, que emitem muito menos carbono.

“A temperatura média global continua em subida, com as temperaturas mais altas dos últimos séculos a serem observadas durante os últimos 20 anos.”

Estamos atualmente numa fase do ciclo solar pouco ativa… tal poderá ter um efeito a longo prazo no sentido de amenizar o ritmo de aquecimento, mas estas variações do input energético do sol ao longo do ciclo solar são minúsculas quando comparadas com os principais agentes que regulam o clima, que são os gases com efeito de estufa, os oceanos e as variações orbitais da terra.

Esperamos que a atividade solar volte a aumentar durante os próximos 5-8 anos, pelo que qualquer efeito mitigador do aquecimento será rapidamente ultrapassado.

O ritmo atual de perda de gelos marinhos e terrestres deverá acentuar também as tendências de aquecimento e novos padrões climáticos continuarão a emergir em resposta ás alterações de temperatura sobre as diferentes regiões terrestres e oceânicas.

Artigos relacionados
https://bestweather.pt/alarmismo-clima/

https://bestweather.pt/e-assim-tao-dificil-deixar-de-emitir-c02-nao/

https://bestweather.pt/o-papel-do-c02/

https://bestweather.pt/o-caminho-a-seguir/

https://bestweather.pt/politica-clima-nao/

Veja aqui outras previsõesanálises e/ou notícias.

Temperaturas em alta, clima continua a aquecer.
Temperaturas em alta, há que investir mais em tecnologias verdes e limpas.
Temperaturas em alta, perda de gelos marinhos e terrestres acentua o problema.
Temperaturas em alta, valores estão 1ºC acima do que se observava antes da revolução industrial.
Temperaturas em alta, eventos climáticos e meteorológicos mais extremos.

Veja

Contacte-nos

Ajude-nos a manter este conteúdo gratuíto

Agradecemos, dessa forma, todos os donativos que nos chegarem.
1€ quem puder, faz toda a diferença!

Veja aqui também…

Condições de surf extraordinárias

Dia 28 de Janeiro a ondulação ( swell ) gerada por uma baixa pressão no Atlântico irá conjugar-se com condições de vento favoráveis em alguns spots.-Previsão geralA ondulação ( swell ) gerada pela passagem de baixas pressões no...

read more

Previsão do tempo para a semana

"Semana 25 - 30 JAN - Chuva e vento nos Açores, novo temporal Atlântico no Continente e tempo estável na Madeira. "— Continente A previsão para esta semana aponta para a influencia de um fluxo oceânico, e chega ade uma nova tempestade...

read more

Tudo interligado

Tudo no planeta está interligado, a teia de interacções nos sistemas naturais e humanos mantém o planeta como o conhecemos.Atmosfera é fluída e está sempre tudo interligado. Incêndios massivos, que todos os anos surgem nos EUA, Sibéria...

read more